Geringonça

Anúncios

ÁLBUM DE FOTOGRAFIAS PORTUGAL 1969-1979

Album Desobedoc

Para assinalar os 40 anos do 25 de abril, a galeria MIRA FORUM fez um apelo no facebook pedindo fotografias captadas entre 1969 e 1979. A partir do olhar das pessoas comuns sobre o seu próprio mundo, obtém-se uma imagem da década mais decisiva da história recente de Portugal. Coube a Eglantina Monteiro a curadoria da exposição que manifesta o quotidiano de uma sociedade que reflete sobre si própria, questionando os valores das instituições em geral. Toda a sociedade projectava mudanças, implicava-se.

Continuar a ler

EM TUDO QUANTO É MUNDO DITO OU NÃO DITO

Pintura,  escultura,  fotografia, vídeo, instalação e performance.
Galerias Mira – Curadoria José Maia 

Esta exposição apresenta dez criadores de diferentes áreas com percurso nacional e internacional iniciado na primeira e segunda décadas deste século. A exposição inclui obras realizadas em diferentes práticas artísticas como pintura, escultura, fotografia, vídeo, instalação e performance. Os artistas convocados são um fragmento de uma comunidade maior de jovens artistas que, desde a década anterior até ao presente, têm uma postura atuante face à conjuntura cultural do país.

Com:
Filipe Marques _ escultura e instalação

Isabel Ribeiro _ pintura

João Brojo e Felicia Teixeira _ instalação 

José Oliveira _ intervenção mural

Manuel Santos Maia _ instalação
Marco Moreira – Instalação-escultura
Nuno Cassola _ vídeo
Tales Frey – performance e vídeo-performance
Paulo Aureliano da Mata – fotografia
Priscilla Davanzo – Performance

Filipe Marques

Isabel ribeiro

jose maia 1

isabel ribeiro 2

Continuar a ler

Brian Slade (2007) de Flávio Rodrigues

Brian Slade de Flávio Rodrigues

Em 2007 criei uma performance autobiográfica intitulada de Brian Slade. Interessava-me para este projecto ter em consideração questões relacionadas com o género.
O filme Velvet Goldmine (1998, Todd Haynes), pela enorme importância na minha adolescência tornou-se referência fulcral.
Para esta vídeo | instalação repenso essa mesma performance, tendo agora como foco de exploração a morte, a despedida, o fim e por outro lado a celebração, festa e a noção de recomeço.
O vídeo é um gif a figura central é a mesma da performance e o som é um registo de fogo de artifício.

R.I.P. Brian Slade (2007 – 2016)

Website

CARTAZES 1º de MAIO

Durante os 3 dias estará patente uma mostra de cartazes históricos do 1º de Maio do pós-25 de Abril. Os materiais foram cedidos pelo Centro Documentação 25 de Abril / Universidade de Coimbra e pelo Centro de Arquivo e documentação CGTP-IN.

1º Maio

0291 003

CGTP-C0003-MAIO-A 001

CGTP-C0003-MAIO-A 001

CGTP-C0003-MAIO-B 001

CGTP-C0003-MAIO-B 001