Silence de Cristophe Bisson

Silence
30 Abril, 14h30, Sala Bébé
Documentário, França, 2016
11 minutos
Cristophe Bisson
Bisson filmou no Porto em 2015 o documentário “Silence”, que se encontra em montagem, e contou com a participação de pessoas em situação de sem abrigo da cidade. Nesta sessão apresenta-se um excerto deste filme, e promovemos uma conversa com pessoas sem abrigo e parceiros que integram a Plataforma “As Vozes do Silêncio-Les Voix du Silence”, uma das plataforma do NPISA do Porto (Núcleo de Planeamento e Intervenção junto das Pessoas Sem Abrigo) que acolheu este projeto.

Anúncios

Viridiana de Luis Buñuel

Viridiana
30 Abril, 16h30, Sala Bébé
Ficção, Espanha | México, 1961
90 minutos
Luis Buñuel

Censurado em Espanha e considerado uma blasfémia pelo Vaticano, foi Palma de Ouro de Cannes em 61. O filme conta a história da noviça Viridiana, extremosa religiosa que ao sair do protegido convento é obrigada a testar o seu idealismo. Audacioso, perturbador e desobediente em 1961, hoje e para sempre.

Continuar a ler

A Respeito da Violência de Goran Hugo Olsson

A RESPEITO DA VIOLÊNCIA
30 Abril, 18h, Sala Batalha
Documentário, Suécia, 2014
80 minutos
Goran Hugo Olsson

A RESPEITO DA VIOLÊNCIA é, simultaneamente, um documentário baseado em material de arquivo que abrange os momentos mais ousados da luta de libertação no Terceiro Mundo e uma exploração dos mecanismos de descolonização através de excertos de Os Condenados da Terra, de Frantz Fanon. O livro de referência de Fanon, escrito há mais de 50 anos, continua a ser um instrumento essencial para compreender e esclarecer o neocolonialismo que se verifica hoje em dia, bem como a violência e as reacções contra este.

Continuar a ler

Gisberta de Stéphane Jacob

Gisberta
30 Abril, 18h30, Sala Bébé
Documentário, Portugal | Argentina, 2006
9 minutos
Stéphane Jacob

Um testemunho de Stef, feminista trans e elemento das Panteras Rosa, que vivia em Portugal no momento do acontecimento que vitimou Gisberta. Stef revolta-se, não só pela história de Gisberta, mas por todas as histórias de agressão e assassinato que são o quotidiano da comunidade trans.

Dzi Croquettes de Raphael Alvarez e Tatiana Issa

Dzi Croquettes
30 Abril, 18h30, Sala Bébé
Documentário, Brasil, 2009
110 minutos
Raphael Alvarez e Tatiana Issa

Dzi Croquetes recebeu mais de 20 prémios internacionais. Apresentando segmentos de entrevistas apaixonadas com Liza Minnelli, o documentário é o mais premiado da historia Brasileira. Diz Croquetes, um grupo de teatro brasileiro inovador, inspirou a juventude a resistir à censura militar à liberdade de expressão de 1968 durante a violenta ditadura brasileira.
Combinando a dança americana e inovadora de Lennie Dale com a satira política e o nascimento da Bossa Nova, Dzi Croquetes tomaram o Brasil e a Europa numa vaga com o seu talento único, sensualidade hipnotizante, humor e performances explosivas. Entusiasticamente apoiados pela Liza Minnelli, o grupo fez sucesso entre as celebridades com fãs como Catherine Deneuve, Omar Sharif, Mick Jagger, Josephine Baker, Maurice Béart, Andy Warhol, Marisa Berenson entre muitos outros. O documentário foi recentemente interdito na China enquanto no Brasil a presidente Dilma Rousseff atribuiu, inspirada pelo documentário, ao grupo Dzi Croquettes o “Prémio de Mérito Cultural”.

Continuar a ler

No Estamos Solos de Pere Joan Ventura

No estamos solos
Estreia
30 Abril, 22h, Sala Batalha
Documentário, Espanha, 2015
77 minutos
Pere Joan Ventura

Porque é que milhares de cidadãos decidiram tomar as ruas e praças de todo o Estado Espanhol para expressar a sua indignação contra os cortes, privatizações, despejos e corrupção política? Este filme retrata a força e a imaginação dos movimentos sociais para denunciar a degradação da democracia. Uma etapa de rebelião espontânea, de participação da sociedade civil, que marcará, sem dúvida, o futuro da vida política no país.

Menino ou Menina, O meu sexo não é o meu género de Valerie Mitteaux

MENINO OU MENINA
30 Abril, 23h30, Sala Bébé
Documentário, França, 2001
61 minutos
Valerie Mitteaux

Nascer mulher, sentir-se homem e ultrapassar a fronteira entre o masculino e o feminino. Em S Francisco, Nova York e Barcelona, Lynn, Rocco, Kaleb e Miguel encarnam e exploram esta fluidez de género. Esta viagem obriga-os a inventar novas referências num universo sexista, que é exposto de forma gritante pelos seus pontos de vista. Um documentário que ilumina a questão masculino/feminino com uma nova e emancipatória luz.

Girl or boy, my sex is not my gender (first minutes) from Valerie Mitteaux on Vimeo.