História do Cinema no Porto (1896-1974)

A História do Cinema Português passa obrigatoriamente pelo Porto. Por várias razões. Aqui se começou a fazer cinema. Aqui se levou a cabo a primeira experiência de uma produção que se pretendeu de escala semelhante à de alguns dos principais estúdios europeus dos anos 20. Aqui se fizeram obras marcantes da cinematografia nacional. Aqui nasceram salas de cinema que viriam a constituir-se como património e imaginário da cidade. Por aqui passaram, viveram e trabalharam grandes cineastas. E porque aqui se viu nascer e consolidar um espírito rebelde, o qual, associando a cinéfilia à intervenção cidadã, não só contribuiu para a resistência à ditadura do Estado Novo, mas também permitiu a participação criativa na busca de novos rumos para o cinema português. O que aqui se propõe é uma viagem breve em torno de episódios do Cinema no Porto até ao ano libertador de 1974. Sem nostalgia e sem condescendência. Mas com a convicção de que toda a memória pode ter um sentido prospectivo.

Continuar artigo para Paz dos Reis, o primeiro cineasta português

Anúncios