TEN DAYS THAT SHOOK THE WORLD de Granada TV

 

 

 

 

 

 

11 Maio, 21h30, Teatro da Cerca de São Bernardo, com Francisco Louçã

Reino Unido, 1967, 77’, documentário

Um documentário dramatizado realizado pela Granada TV, nos 50 anos da Revolução Russa, que relata os acontecimentos de Outubro de 1917. Narrado por Orson Welles, o filme retrata o processo recorrendo às imagens do filme Outubro de Sergei Eisenstein, realizado em 1927, para comemorar os 10 anos da revolução, onde foram dramatizados e recriados os eventos de 1917.

I, DANIEL BLAKE de Ken Loach

12 Maio, 21h30, Teatro da Cerca de São Bernardo, com José Manuel Pureza

Reino Unido, 2016, 100’, ficção

Ken Loach

Daniel Blake (59 anos) trabalhou como marceneiro a maior parte da sia vida, em Newcastle. Agora, e pela primeira vez, precisa de ajuda do Estado. O seu caminho cruza-se com o de Kate, mãe solteira, e as suas duas crianças, Daisy e Dylan. Para escapar à vida numa residência para sem-abrigo em Londres, a única hipótese de Katie foi aceitar um apartamento numa cidade que ela desconhece, a 300 milhas de distância. Daniel e Katie encontram-se na terra de ninguém, apanhados pela burocracia da Segurança Social…

EU, DANIEL BLAKE um filme de Ken Loach from Midas Filmes on Vimeo.

PESSOA COISA CIDADE TORRE + NADA A TEMER

Pessoa Coisa Cidade Torre

 

 

 

 

 

 

 

13 Maio, 21h30, Teatro da Cerca de São Bernardo, com Marisa Matias, Luísa Sequeira e Sama

de Paula Sacchetta, Pedro Nogueira e Peu Robles

Brasil, 2015, 21’, documentário

Durante os fins de semana, em São Paulo, trabalhadores e trabalhadoras deslocam-se de suas casas, seja nas periferias, albergues ou ocupações onde vivem e desembarcam nas áreas ricas da cidade. Uma vez no novo local, são transformados em placas e setas que apontam para os novíssimos empreendimentos imobiliários da cidade. O que esses plaqueiros nos revelam sobre o país e a cidade que temos? Quem são, de onde vêm, quanto ganham, como trabalham? O que anunciam com seus corpos de estandarte? Para quem? O que isso nos diz sobre a cidade tornada torre?

Pessoa-coisa, cidade-torre from João e Maria.doc on Vimeo.

NADA A TEMER

Portugal/Brasil, 2017, 20 minutos, documentário

Luísa Sequeira e Sama

O Brasil não mostra sinais de estabilidade desde as grandes manifestações de 2013. O Impeachment da Presidente Dilma, por alguns considerado como uma solução para a crise, só agravou este processo. Sama é um artista plástico brasileiro que vive em Portugal há alguns anos. Além de trabalhar com desenhos, pinturas, textos e animações, Sama dedica-se também à produção de zines e banda desenhada. Entre os seus temas recorrentes estão o erotismo, a política e os comportamentos sociais que refletem sobre o mal-estar contemporâneo, como a cultura de consumo, as políticas neo-liberais e o impacto das novas tecnologias versus o indivíduo.

“NADA A TEMER” é um zine e  um manifesto transmídia dedicado aos recentes eventos da política no Brasil e não só. Neste filme, acompanhamos o autor a testemunhar, e ao mesmo tempo investigar, este momento histórico da frágil democracia brasileira, através de viagens, depoimentos e rápidos registos de intervenção. NADA A TEMER é um work in progress documental e emergencial realizado por Luísa Sequeira e pelo próprio Sama.