Max Fernandes

Max Fernandes (1979, Guimarães) passou pela Escola Superior Artística do Porto e extensão de Guimarães, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e pela Escola de Artes Visuais – Maumaus, em Lisboa. Vive e trabalha em Guimarães.

Filmografia

123MB captados do meu quarto, 5’55”, 2006;
End of year message by the NATO secretary general, 5’08”, 2007;
Anatomia humana #0, 4’40”, 2007;
Blowing everywhere, 1’4”, 2008;
Click Click, 2’, 2008; O pai que matou o filho, 9’40”, 2009;
Procurei por ti quando deixei de te ver, ao encontrar-te deixei que desaparecesses, 12’7”, 2009;
Pirâmide, 10’11”, 2010;
O artista enganchado – artista puxa artista, 2’11”, 2011;
O artista enganchado – artista puxa artista para debaixo da ponte, 13’31”, 2011;
Sem título (água de ontem lama de hoje) #1, 13’28”, 2011;
Lama na praça, 8’54”, 2011;
Trabalho, 20’53”, 2011-2013;
As-bestas-não-bebem, 1’ 24”, 2012;
E como disfarçar os móveis velhos, 5’47”, 2013;
E. N. V. C., 23’, 2014;
A escola, 52’, 2015

Anúncios

Um pensamento sobre “Max Fernandes

  1. Pingback: Sessão de curtas II | Desobedoc 2015

Os comentários estão fechados.