A CAÇA de Manoel de Oliveira, Portugal, 1964

A Caça, Manoel de Oliveira

24 Abril, 18h, Sala Zeca Afonso
21 minutos
Manoel de Oliveira

HOMENAGEM A MANOEL DE OLIVEIRA
Adelaide Teixeira, António Preto e Alexandre Alves Costa

Dois rapazes desocupados deabulam pelo campo. Simulam a caça (mas não tem espingardas), emaranham-se, perdem-se de vista, até que um deles cai no pântano, começando a afundar-se lentamente.
O Secretariado Nacional de Informação exigiu ao Manoel de Oliveira que alterasse o final do filme: “Foi nessa ocasião que os homens do SNI me impuseram a alteração do fim do filme, salvando o homem da mão amputada e o jovem que se afunda no pântano, como se lhes parecesse que salvavam o regime em vias de se afundar.”

Anúncios