José Alves Pereira

José Alves Pereira
Curso da Escola Superior de Cinema do Conservatório Nacional, na área de Montagem. Iniciou a atividade no núcleo cinematográfico da Secretaria de Estado da Emigração em 1977, através da realização e/ou montagem de 21 curtas-metragens e das longas “Imagens de Festa e de Mudança”, “Provas para um Retrato de Corpo Inteiro”, “Lisboa, Primeira Página”. Entre 1978 e 1994 exerceu a atividade de montador, nomeadamente em “Música, Moçambique”, “Sem Sombra de Pecado”, “A Mulher do Próximo” e “Os Cornos de Cronos”, todas de José Fonseca e Costa, e nas séries “Os Descobrimentos Portugueses”, de Bento Pinto da França, “Les Vagues du Temps – Portugal Régions” e “As Vagas do Tempo – Poder Local”, ambas de José Miguel Herrera, e dos filmes “Iratan e Iracema”, de Paulo Guilherme d’Eça Leal, “Contactos” e “Vertigem”, ambos de Leandro Ferreira, de “Terra Fria”, de António Campos, e de “Ínsula”, de António Loja Neves. É professor da Escola Superior de Teatro e Cinema desde 1988, na área de Montagem, onde foi coordenador da área, sub-director do Departamento de Cinema, presidente da Comissão Pedagógica e da Comissão Científica do mesmo departamento, e vice-presidente do Conselho Científico da ESTC e presidente do Conselho Pedagógico da mesma.

Anúncios