António Loja Neves

António Loja Neves
Natural da ilha da Madeira, Portugal, viveu e ‘cresceu’ muito em Cabo Verde, durante dois anos, e depois foi estudar em Lisboa, onde frequentou Medicina e cursou Realização na Escola Superior de Teatro e Cinema. Envolveu-se na luta clandestina anticolonial e contra a ditadura, e na atividade política e cultural antes e a seguir ao golpe de estado de 1974. Foi um dos fundadores da Federação Portuguesa de Cineclubes e da Apordoc, Associação Portuguesa do Documentário, e das cooperativas de intervenção cultural Abril em Maio e Intervenção. Foi co-organizador dos Encontros Internacionais de Cinema de Cabo Verde, dos encontros Internacionais de Documentário, da Malaposta, e do Festival Panorama, sobre documentário português. Foi comissário, para a Culturgest, das retrospectivas “Cinemas de África”, “Cinemas Árabes” e “Cinema dos Países Latino-Americanos” e do Ciclo de Cinema Brasileiro na Culturporto/Teatro Municipal Rivoli. Integrou os corpos gerentes da Associação Portuguesa de Realizadores e é presidente da Assembleia Geral da Apordoc. É jornalista, no semanário “Expresso”. Foi diretor da revista “Cinearma”, chefe de redação da revista “Cinema em Português” e do semanário generalista “África”, e co-fundador da revista “Cinema”. Tem integrado inúmeros júris de festivais, em Portugal e no estrangeiro, e dirigido várias retrospectivas de cinema lusófono, em Espanha, França, Moçambique, Cabo Verde, Irlanda e em diversas cidades do Brasil.

Anúncios